Resumo Trackday Drivers Legion no AIA

 

2012 marca uma prática que vem sendo recorrente, o trackday da Drivers Legion no Autodromo internacional do Algarve. Organização, participantes e inclusivé o AIA não têm duvidas em apelidar este evento de “trackday do ano”.

Mas porquê? Qual é a diferença visivel entre um trackday normal e este?

Simplesmente a diferença nao é visível – sente-se. Diríamos mais, é uma autêntica peregrinaçao à “Meca” automobilística nacional, e são feitos sacrificios ao longo do ano para se conseguir atingir um nível espiritual.

Não de paz de espírito, mas sim um turbilhão de sensações, de adrenalina, e tal como numa peregrinação, rodeados de pessoas que partilham e comungam da mesma “religião”.

A própria viagem de ida para o Algarve é sempre repleta de peripécias e inicia-se em vários pontos do país. Durante a viagem os problemas esquecem-se, as tensões aliviam-se e aumentam expectivas relativas ao dia seguinte, com os contactos da praxe a todos os nossos companheiros de viagem, para saber se esta tudo ok, se a viagem correu em seguranca e se ainda temos tempo para um pequeno café ou copo perto do hotel para matar saudades e por a conversa em dia.

Chega o “dia D” sempre rapidamente. A noite foi passada num misto de agitação com a revisao do que ainda existe a fazer ao chegar as boxes e a inquietação de que nunca mais toca o despertador. Mas quando toca, arrependemo-nos rapidamente da hora a mais que estivemos com a mente em funcionamento.

A cafeína é uma das principais companheiras da humanidade nestes momentos, e após uma injeção rápida de um café e um croissant nas bombas locais inicia-se a viagem num progresso rápido até ao autódromo.

Durante o trajecto, vamos já vendo outros participantes em caminho, numa toada mais lenta como que aproveitando para calmamente ver o nascer do dia em estradas relativamente desertas. Lembramo-nos da música de uma publicidade a uma marca de café, em que o cenário se passava dentro de um Volkswagen Beetle a ver o nascer do sol. Nice. Apetece-nos outro café.

Após a chegada, inscrições e cumprimentos a todos, eis que cada um escolhe o seu recanto nas boxes que nos são destinadas, mais chegado a todos os que vieram no mesmo reboque, ou que são da mesma região, etc.

Contudo é facilmente reconhecível, o vaguear imediato entre boxes para saber se está tudo ok, ver onde está cada um, ou só para espicaçar o pessoal. “Já apertaste as rodas bem, desta vez?”, ouve-se entre risos cúmplices.

Briefing da praxe, primeira sessão e pista húmida.

O dia começou com alguns raios de luz o que indica que o início apenas serve para apurar os reflexos. Correctores nao contam para ja, nem travagens no limite, mas os andamentos começam a intensificar-se, assim como o agrupamento de participantes previamente combinados para fazer filmagens com as câmaras dos carros ou para rolar juntos.

A bom ritmo, a primeira sessão passa depressa. Desta vez foram 20 minutos divididos por 8 sessões, que adicionando ao intervalo para almoço ocuparam o dia praticamente todo.

Na segunda sessão, ja se nota a pista claramente mais rápida, como se S. Pedro tivesse aberto os céus apenas para secar a pista. A partir daqui foi um dia ameno e nublado, perfeito para os carros e pista. Na ultima sessão houve direito a pista molhada. All-in-one day.

Mas uma peregrinação tem muito mais que as sessões em pista. Tem os desafios pessoais e muitas vezes mecânicos, tem os inopinados, tem os momentos cómicos, tem o convívio dentro e fora das boxes. Tem vida e história, muita história. E amigos, que nos ajudam nas situações em que precisamos.

E é disto que é feita esta nossa peregrinação sazonal ao Autódromo Internacional do Algarve. Cada um na sua imagem leva um remake do seu filme do fim-de-semana, que relembra sempre que pode numa clara ambição de o reviver já da próxima vez.

Mais do que a brilhante pista, a condução, os automóveis e os amigos, vale pela soma de todas as partes.

A nós, so nos resta agradecer a oportunidade a todos os participantes, pois sem todos não seria possível.

Um especial obrigado ao BP Design e Bruno Ribeiro Photography pelas excelentes fotos e vídeos, inclusivé o video-resumo do dia (divulgaremos assim que pronto) e à Caravelatur por ter proporcionado alojamentos a todos os que quiseram visitar o algarve a preços bastante acessíveis.

Até para o ano, no Algarve.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.